fbpx

Produtividade em Home Office: como manter o seu time engajado?

Produtividade em Home Office: como manter o seu time engajado?

O home office é um modelo de trabalho comum no Brasil e no mundo, mas que ficou ainda mais evidenciado em função da pandemia de Covid-19. Para empresas que já estão adaptadas a este formato, em algum nível, como aquelas que possuem colaboradores remotos ou flexibilidade para o trabalho à distância , o processo não é tão danoso. Mas como manter a motivação, o engajamento e a produtividade em home office para quem não tem processos definidos de trabalho remoto?

produtividade-em-home-office

O papel das lideranças, que já tem extrema importância na condução deste processo, ganha ainda mais destaque no contexto dos decretos de isolamento emitidos em todo o país. São muitas notícias, informações e canais onde as pessoas podem receber comunicados sobre a pandemia. Isso pode gerar nos seus colaboradores diversas sensações, que podem refletir diretamente na produtividade. São elas:

 

  • Medo e insegurança: as pessoas não sabem se seguirão empregadas devido ao contexto econômico de perda de clientes gerado pela crise;
  • Ansiedade e estresse: colaboradores sendo bombardeados por notícias que alarmam e assustam, geram pânico e podem se converter em problemas de saúde mais graves;
  • Frustração e angústia: com tantas mudanças, várias pessoas podem sofrer para se adaptar ao novo contexto, ficando frustradas por não realizar as mesmas atividades, bem como sentir angústia por não sair de casa ou ter o convívio com outras pessoas.

Neste sentido, o principal cuidado que se deve ter para apoiar os seus colaboradores é com a gestão remota de equipes. Confira neste artigo algumas dicas que trazemos para você implementar ou acrescentar nas suas práticas atuais.

 

Produtividade em home office: um desafio para líderes e times

O mercado de trabalho entrou em crise junto com a saúde, com empresas fechadas e serviços paralisados em função da quarentena. Isso se reflete diretamente nas lideranças das organizações que, além de lidar e tomar decisões com relação ao futuro do negócio, precisam estar prontas para inspirar, engajar e motivar colaboradores trabalhando de forma remota.

Engajar colaboradores de forma presencial já é um grande desafio para as lideranças. Na situação remota, esse processo torna-se ainda mais complexo sem o contato e as trocas diárias com o time mais afastado e a comunicação mais distante. Existem metodologias e ferramentas que auxiliam na gestão de pessoas em qualquer modelo de trabalho, mas alguns pontos se mantém essenciais.

 

Ouvir os colaboradores

Em qualquer contexto, uma boa liderança deve ouvir os colaboradores para compreender suas principais necessidades e entender como agir em cima delas. Isso influencia diretamente na motivação e engajamento, o que culmina na capacidade de realizar entregas de qualidade e dentro dos prazos necessários. 

Para manter uma boa produtividade em home office, uma das dicas que trazemos para você que lidera times é: abrace a diversidade de pessoas da sua empresa e ouça a todos. Cada colaborador tem um background diferente e pode agregar com insights que sirvam para o todo. 

 

Ter atenção aos sinais

Para ouvir as pessoas, mantenha contato de todas as formas possíveis e esteja preparado para lidar com o que você vai ouvir. Seja em reuniões virtuais, happy hours ou por meio dos canais que a empresa já utiliza. Demonstre união, presença e disponibilidade para ouvir, entender e ajudar a solucionar qualquer eventual necessidade apresentada por cada pessoa. 

Caso haja colaboradores sofrendo maiores impactos do que outros, procure focar sua atenção neles, pois eles podem ser os principais indicadores de monitoramento da situação. Da mesma forma, procure destacar pontos positivos e boas entregas de cada colaborador que você identificar, pois isso ajuda a motivar não somente essa pessoa, mas o time como um todo.

 

Criação de rotinas

Outro aspecto que pode contribuir para a manutenção da produtividade em home office é a criação de processos e de uma rotina de trabalho. Sabemos que, por estar em casa, muitas pessoas enfrentam dificuldades de adaptação, além de passarem por uma desmotivação pela falta do convívio diário com os colegas, que podem impactar no bem-estar e na produtividade.

Para amenizar essa situação é importante que você, enquanto líder, estimule que os seus colaboradores criem uma maneira de organizar o seu dia, como definir um horário para acordar, uma rotina de prática de atividades físicas, manter uma alimentação saudável e ter um local ergonômico para trabalhar.

Importante: a gestão precisa garantir que todos os colaboradores tenham acesso em casa aos recursos de que necessitam para executar seu trabalho.

 


 

E como fica o pós-crise?

Mesmo sem saber quanto tempo irá durar uma determinada crise, é essencial que a gestão da empresa consiga pensar no pós. Para que os colaboradores permaneçam motivados durante o período de home office compulsório e também na volta ao normal, tudo aponta para o caminho da empatia, tanto com os clientes, quanto com os colaboradores. É o que mostra o estudo do Innovation Center listando alguns dos principais aprendizados que a pandemia nos traz:

 

  • É a sua equipe que irá conduzir a retomada do negócio no pós-crise, então cuide bem dela;
  • Os hábitos e a forma das pessoas perceberem o mundo serão transformados, então a transparência na comunicação e nas ações precisa ser bem estruturada;
  • A noção de coletividade e de valorização das pessoas está aflorada, portanto, pratique e demonstre isso para o seu time;
  • A mudança é constante e ninguém tem controle sobre tudo. Então, reforce suas capacidades de adaptabilidade, flexibilidade e agilidade para lidar com ela.

 

Acompanhe nossas publicações e veja mais conteúdos com dicas sobre como o seu negócio pode lidar com situações de crise.

 

Alexandre Souza

Coordenador do Startup SC, projeto do Sebrae/SC que tem como objetivo o desenvolvimento e fortalecimento das startups catarinenses.