fbpx

Tecnologia no turismo: como melhorar a segurança dos destinos turísticos na pandemia

Tecnologia no turismo: como melhorar a segurança dos destinos turísticos na pandemia

O uso de tecnologia no turismo tem se tornado cada vez mais presente em função da pandemia. As novas ferramentas, como streaming e realidade virtual, começaram a se tornar mais acessíveis, chegando até o dia a dia de diversos setores da economia. E isso vai além de recriar uma versão virtual de um lugar, mas também proporciona experiências novas.

A tecnologia beneficia muito os negócios, não só nos processos internos, mas nas ações externas. Dessa maneira, a empresa consegue transmitir para o turista tranquilidade e segurança em voltar a frequentar os lugares, que antes estavam fechados por conta da pandemia.

Neste artigo, vamos falar de como a tecnologia no turismo tem auxiliado de muitas maneiras os negócios nessa fase de distanciamento social. Veja um case de como uma startup se destacou por desenvolver um produto que auxilia o setor de viagens no monitoramento de destinos, tornando-os mais seguros para os turistas.

 

Tecnologia no turismo

A tecnologia está cada vez mais melhorando a rotina dos clientes e empresas desde coisas simples, como pedir comida, até a disponibilização de produtos mais avançados, como entregar a comida por robôs. E no setor de turismo não foi diferente. Com a chegada do Airbnb, os consumidores mudaram a forma de viajar, de se hospedar e de realizar passeios fora dos pontos turísticos famosos.

As empresas de hotéis estão em busca de startups que possam ajudá-los a reinventar a maneira “tradicional” de viajar. Além de atrair mais clientes, com experiências novas, esses negócios começam a atuar em outras frentes, com novos passeios.

A existência da tecnologia no turismo traz novas possibilidades, como permitir a visitação local virtualmente, ter acesso a mais informações sobre a exposição ou a cidade, além da praticidade das vendas de pacotes. Tudo pelo meio digital.

Em um momento de pandemia que o turismo foi o primeiro segmento afetado e será um dos últimos a voltar a plenos pulmões, a tecnologia pode auxiliar, além das empresas, a gestão pública, tornando as experiências mais seguras para todos, e fazendo com que as atividades desse setor possam retornar.

 

Exemplos da tecnologia no turismo

 

  • Muitos cassinos estão investindo em jogos pela internet, com dealers e croupiers profissionais. Assim, o cliente pode entrar na sala, apostar e jogar com outras pessoas em tempo real. E não são apenas cartas, como poker, mas também roleta e outros jogos de cassinos.
  • A tecnologia também está presente em atrações e tours através de vídeos em 360º. Dessa forma, as empresas possibilitam que os turistas visitem lugares ou exposições no conforto de sua casa. Por exemplo, conhecer Marrakesh ou andar pelo caminho Santiago de Compostela.
  • No Brasil, temos o exemplo no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro. Através do aplicativo, o turista pode visitar a exposição pela realidade aumentada, como o tiranossauro no Cubo da Matéria.

 

Tecnologia e a volta do turismo na pandemia

Esse também é o exemplo da Smart Tour, startup que participou da 9ª turma do Startup SC. A empresa começou suas operações no final de 2017, com a criação de rotas turísticas inteligentes, geração e inteligência de dados para gestão pública no turismo. Com essa ideia inovadora e tecnologia de ponta, foram vencedores do Prêmio Nacional de Turismo, na categoria de tecnologia aplicada ao turismo

A empresa foi selecionada para integrar o Web Summit em 2019, em missão a Portugal, e na ocasião fez parceria com incubadoras portuguesas, e firmou sede lá para desenvolver projetos.

Com a chegada da pandemia, Jucelha Carvalho, CEO e fundadora da startup, conta que vieram novos desafios para a startup que atua com geração  e inteligência de dados para a gestão do turismo. O foco se tornou a retomada das atividades turísticas com segurança , uma vez que o turismo em si, teve que ficar parado por um tempo.

Para viabilizar o retorno das vendas de seu produto original tão afetado pela crise, que são as rotas turísticas inteligentes, a startup criou o Smart Tracking, ferramenta pioneira em todo mundo, que faz a estruturação da segurança dos destinos turísticos, rastreando pessoas e  estabelecimentos que tiveram contato com um testado positivo para Covid-19 com até 15 dias de antecedência aos sintomas. 

A Smart Tour se tornou uma solução chancelada pela OMS, além de ser a única startup brasileira a fazer parte  das top startups  de turismo do mundo, constando na lista de todas as finalistas de challenges já feitos pela OMT. Outro destaque é que a solução é a única adaptada para as leis de proteção de dados brasileira , europeia, americana e do estado da califórnia, a mais rígida do mundo..

Com a ajuda da tecnologia no turismo, as empresas desse setor estão conseguindo se adaptar a realidade da pandemia, e melhorar as condições para o negócio e os turistas. O Ministério do Turismo já está apresentando como será os protocolos de segurança para a retomada no país.

Continue acompanhando o blog da Startup SC para ficar por dentro das novidades no mundo das startups!

Alexandre Souza

Coordenador do Startup SC, projeto do Sebrae/SC que tem como objetivo o desenvolvimento e fortalecimento das startups catarinenses.